Sete traficantes internacionais sano presos em Goiás

Dois aviões que estariam sendo usados no tráfico de drogas foram apreendidos por agentes da Delegacia Estadual de Repressão aos Narcóticos (Denarc) durante uma operação que prendeu, no último final de semana em Goiás, sete suspeitos que haviam acabado de chegar no estado com 500 quilos de cocaína pura. Marido de uma das presas, o líder da quadrilha, que é suspeito de enviar drogas para a Europa, está foragido.

De acordo com o delegado Fernando Gama, titular da Denarc, uma boliviana, seu marido brasileiro e, ao menos, outras seis pessoas adquiriam drogas na Bolívia para distribuir no Brasil e na Europa. “O marido da Jemima Adelita Ruiz Banegas já é um velho conhecido da polícia, possui inúmeras passagens, e, apesar de já ser de idade, vinha comandando, há vários anos, essa quadrilha extremamente organizada”, relatou.

Prisões e apreensões ocorreram quando a droga era descarregada das aeronaves (Foto: divulgação/PC)

Junto com a boliviana, foram presos os pilotos de avião Lucas Mendes Pereira e Cristiano de Moraes Rosemiro, além de Odimar Pereira Gama, Geraldo Borges Moreira, e Suely Cândida de Oliveira. As detenções aconteceram em Goiânia, Itaberaí, e Rio Verde. Parte do grupo foi flagrado perto de Edéia, no momento em que haviam acabado de transferir, de um dos aviões apreendidos, 501 quilos de cocaína pura para uma camionete.

A Polícia Civil também apreendeu com o grupo oito veículos de luxo, entre eles uma SUV Land Rover, duas motocicletas BMW, um revólver, uma espingarda, uma pistola, além de R$ 20.500, e U$ 1.200.

(Foto: Divulgação/Polícia Civil)

Além do líder da quadrilha, que não teve o nome divulgado para não atrapalhar as investigações, outros suspeitos, segundo o Secretário da Segurança Pública, Rodney Miranda, também continuam sendo investigados. “O mais importante é que nós quebramos a espinha dorsal dessa quadrilha, apreendendo, além da droga, os aviões que eram usados no tráfico e também alguns imóveis adquiridos com dinheiro ilícito”, concluiu.

Previous Article
Next Article

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.