Sem atestado de segurança da estrutura, mineradora fecha barragem em Catalão

Uma mineradora de Catalão, interditou a barragem de rejeitos por falta de documentos que atestem a segurança da estrutura. De acordo com a empresa Mosaic, que extrai e comercializa fosfato e potássio combinados, os estudos continuam para conseguir a Declaração de Condição de Estabilidade (DCE), exigida pela Agência Nacional de Mineração (ANM) para o funcionamento do local.

Conforme comunicado da Mosaic, foi feito um pedido de extensão do prazo para a entrega desses documentos antes da data limite, que era 31 de março deste ano. A companhia que os estudos serão finalizados ainda em abril.

No entanto, de acordo com a nota da empresa, “até a presente data, os resultados obtidos nas análises não permitiram confirmar a estabilidade das barragens face às novas normas da ANM, publicadas em fevereiro deste ano”.

Por isso houve a interdição na quinta-feira (11), quando a empresa acionou os Planos de Ação de Emergência para Barragens de Mineração “no nível 1 de emergência, sem a necessidade de evacuação da Zona de Autossalvamento”.

Previous Article
Next Article

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.