Secovi Goiás e outras 28 entidades assinam parecer contrário à Reforma Tributária

O Sindicato dos Condomínios e Imobiliárias do Estado de Goiás (Secovi Goiás) assinou junto aos representantes de outras 28 entidades da área um parecer contrário à Reforma Tributária (PL-2337). O principal dano, de acordo com o documento, diz respeito ao aumento da carga tributária para o Lucro Presumido das construtoras, que poderá subir 34,65%, diminuindo o potencial de crescimento da área na geração de renda e de empregos no Brasil.

O documento aponta que a proposta de Reforma Tributária que tramita no Congresso contém sete “aspectos flagrantemente danosos” ao desenvolvimento nacional. São eles: o aumento da carga tributária; a discriminação das empresas de lucro presumido; o aumento da complexidade; a ilegalidade de tributar de forma retroativa; a desorganização de atividades econômicas; o açodamento nos debates, além de desestimular o empreendedorismo.

Previous Article
Next Article

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.