Refis: Aparecida oferece descontos de até 90% para contribuintes devedores de impostos

A prefeitura de Aparecida de Goiânia, por meio do Programa de Recuperação Fiscal 2019, vai oferecer aos contribuintes e empresas inadimplentes condições especiais para pagamento de impostos e tributos. As negociações vão começar nesta sexta-feira (1º/11) e seguem até o dia 9 de novembro. Os descontos podem chegar em até 90% sobre multas e juros para pagamentos à vista. Os interessados em participar do Refis devem procurar uma das seis unidades do Serviço de Atendimento ao Cidadão (SAC) ou os postos de atendimento nos Vapt-Vupts do Buriti e Araguaia Shopping.
Segundo a secretário da Fazenda, André Rosa, no programa Refis deste ano, os descontos de até 90% serão aplicados sobre juros e multas para quitação à vista de Imposto de Transmissão de Bens Imóveis (ITBI), Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU), Imposto Territorial Urbano (ITU), Imposto Sobre Serviço (ISS) e outras taxas. O programa também prevê redução de até 60% para multas formais decorrentes de infrações ambientais, consumeristas, obras e edificações, posturas, tributárias e vigilância sanitária para pagamento à vista.
“O benefício do desconto à vista será válido somente para aqueles que comparecerem nas unidades do SAC dentro do período da negociação (1º a 9 de novembro). Os interessados terão prazo para realizarem o pagamento da dívida até o dia 28 de novembro”, explicou André Rosa.
O contribuinte que optar pelo pagamento parcelado de ITBI, IPTU, ITU e ISS também terá redução sobre juros e multas. Quem dividir os débitos em até seis vezes, terá 70% de desconto. Para pagamentos divididos de sete a 12 vezes, o desconto concedido será de 60%. Para quitação de multas formais, os percentuais serão de 50 e 40%, respectivamente. As empresas inadimplentes poderão ainda realizar a negociação de ISS em até 36 vezes com desconto de 60% sobre juros e multas moratórios. “Em caso de não cumprimento do parcelamento o contribuinte ficará impedido de participar do Refis por 60 meses”, alertou a secretário.

 

Previous Article
Next Article

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.