Rádio Sucesso: “Cartão Catalão Sem Fome de R$ 500 reais será uma de nossas propostas mais importantes” diz Gustavo Sebba

“Se for eleito quero realizar o maior programa de Ação Social da história de Catalão” disse o candidato a prefeito Gustavo Sebba, que nesta segunda-feira (19) anunciou em seu plano de governo o Cartão Catalão Sem Fome. “Atualmente na gestão de Adib Elias as pessoas enfrentam filas na cesta básica e no restaurante Cidadão, o plano é acabar com essas filas e implantar cartões de créditos nos benefícios”, disse Gustavo. A fome é um problema mundial, mas para o candidato a guerra começa nos municípios. O projeto de Gustavo inclui também a capacitação das pessoas desempregadas para o mercado de trabalho. “Nossa equipe vai rastrear as famílias em situação de vulnerabilidade social, o primeiro passo é cadastrar a mãe de família como cuidadora do cartão de crédito, ela vai poder comprar o que quiser e onde quiser, será proibido comprar bebidas alcóolicas e cigarros. Os adultos da família que estão desempregados serão inclusos no programa “Capacitar” da prefeitura, que também será criado em nossa gestão em conexão com a secretaria de Ação Social.  No Capacitar nós vamos criar cursos profissionalizantes para pintores, eletricistas, manicures, cabeleireiros, encanadores, informática, chaveiros, marceneiros e assim por diante. A ideia é que a pessoa em três meses saia capacitada para o mercado de trabalho. Aí entra em cena a nossa equipe de rastreamento de empregos, para buscar e oferecer vagas. Quando a família estiver no mercado de trabalho, o cartão será destinado para outras pessoas que também precisam. O Cartão Catalão sem Fome é a porta de saída para quem está precisando de ajuda até para ter o que comer”, concluiu Gustavo Sebba.

RECURSOS

De primeira Gustavo diz que tem a receita para investir no Cartão Catalão Sem Fome: “Vamos cortar a corrupção! É simples saber se tem corrupto na prefeitura. As fazendas dos filhos do prefeito aumentaram? Tem algo errado. Os secretários do prefeito estão comprando casas em condomínios de luxo? Desfilando com carrões? Tem corrupção. Vamos fiscalizar os funcionários fantasmas. Estancar na fonte. Quem quiser produzir vai ter seu emprego. Na minha gestão não tem funcionário fantasma. Vamos incentivar a meritocracia. E por fim vamos usar esse dinheiro que teoricamente é desviado, economizar e investir no social”.

Previous Article
Next Article

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *