Projeto de Lissauer Vieira pede estadualização de trecho rodoviário

O Plenário da Assembleia Legislativa de Goiás (Alego) pode deliberar nos próximos dias sobre o teor do processo legislativo nº 3416/21, em discussão e votação nominal. A propositura foi apresentada pelo presidente da Casa de Leis, deputado estadual Lissauer Vieira (PSB). Na Comissão Mista, o projeto relatado pelo deputado estadual Amilton Filho (Solidariedade), obteve parecer favorável.

Lissauer propõe na matéria estadualizar o trecho rodoviário municipal que liga Acreúna à GO-333, com extensão de 22,05 quilômetros até Paraúna. A estadualização foi autorizada pelas Leis Municipais nº 1.655, de 19 de abril de 2013, do município de Acreúna, e nº 2.320, de 15 de outubro de 2020, do município de Paraúna. Até que se proceda a transferência de domínio do trecho de rodovia, ficam os respectivos municípios responsáveis por sua manutenção e conservação.

Segundo Lissauer Vieira, a estadualização do trecho rodoviário é uma reivindicação da população local, por ser uma importante via para escoamento da produção de grãos. “A referida estrada possui em seus arredores inúmeras propriedades rurais, tendo em vista que a mesma é acesso para diversas terras que tem como atividade a produção agrícola e pecuária”, argumenta.

O presidente da Alego acrescenta também que a administração estadual terá mais condições de manutenção da rodovia, inclusive promovendo sua pavimentação. “Devido à grande atividade agrícola existente ao redor do trecho em períodos de colheita de safra, encontra-se grande dificuldade no escoamento da produção, uma vez que a estrada é de terra e está em precárias condições de trafegabilidade, o que causa inúmeros transtornos para a comunidade local e amplia os acidentes”, destaca Vieira.

Previous Article
Next Article

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *