Presidente do STF rebate Bolsonaro: “Ninguém fechará esta corte”

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Luiz Fux, proferiu um duro discurso na abertura da sessão de quarta-feira (8), em resposta às declarações feitas por Jair Bolsonaro nessa terça-feira (7), durante manifestações em apoio ao seu governo no Dia da Independência. Sem citar o nome de Bolsonaro, Fux disse que as ameaças golpistas do presidente à corte e a seus ministros são práticas “intoleráveis”. Segundo ele, o presidente incorrerá em crime de responsabilidade se não cumprir decisões judiciais, conforme sinalizou nos discursos feitos na Avenida Paulista, em São Paulo, e na Esplanada dos Ministérios, em Brasília. “Ninguém fechará esta corte”, afirmou Fux.

“Ofender a honra dos ministros, incitar a população a propagar discurso de ódio contra instituição do Supremo Tribunal Federal e incentivar o descumprimento de decisões judiciais são práticas antidemocráticas ilícitas e intoleráveis”, disse Fux, que mais à frente mandou um recado direto: “Povo brasileiro: Não caia na tentação das narrativas fáceis e messiânicas, que criam falsos inimigos da nação. Mais do que nunca, nosso tempo requer respeito aos poderes constituídos.”

Previous Article
Next Article

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.