Por lucro maior, motoristas de aplicativo fazem protesto na BR-153, em Goiânia

Motoristas de aplicativo fizeram protesto nesta quarta-feira (8) cobrando uma margem de lucro maior para a categoria. Segundo a organização, cerca de 200 carros participam do ato, que está fazendo uma carreata pela BR-153, em Goiânia. A Uber disse ainda não ter registros de greve no Brasil.

“Queremos que aumento o preço que é pago pelas empresas de aplicativo para os motoristas, que é baixa. E com o aumento dos combustíveis, o lucro fica ainda menor”, disse o presidente da Cooperativa de Motoristas Particulares de Goiás (Coompago), Fabrício Feitoza. A taxa cobrada varia entre 25% e 40% das corridas.

O grupo se reuniu no estacionamento do Estádio Serra Dourada e, em seguida, saiu em direção ao Aeroporto Santa Genoveva. Segundo a Polícia Rodoviária Federal, a carreata tem cerca de 500 metros de comprimento e ocupa uma das faixas da rodovia. O trânsito no local flui normalmente.

De acordo com a cooperativa, ao chegar ao aeroporto, os motoristas vão convencer outros associados aos aplicativos a aderirem à paralisação. Lá, vão se reunir para saber os próximos do ato.

Previous Article
Next Article

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.