Plenário da Assembleia esgota pauta e encerra ano legislativo

Encerrando os trabalhos do período de convocação extraordinária, o Plenário da Assembleia Legislativa aprovou 18 matérias na sessão deliberativa desta terça-feira, 21. Dessas, oito eram da Governadoria, oito de parlamentares da Casa e uma do Tribunal de Contas dos Municípios de Goiás (TCM-GO), referente a fundode reaparelhamento do órgão. Houve, ainda, a aprovação, em votação única, de decreto legislativo do Tribunal de Contas do Estado (TCE-GO), com parecer sobre as despesas do Governo no exercício de 2020. Quanto às demais proposituras, apenas uma foi aprovada em primeira fase; as restantes, em votação definitiva.

Das matérias que seguem para a sanção do governador Ronaldo Caiado (DEM), destaque para a matéria da Governadoria de nº 7673/21, que define a Lei Orçamentária Anual (LOA) de 2022. Conforme o projeto, a receita total do Estado para o próximo ano está estimada em R$ 39.370.606.000. O montante, que engloba recursos de todas as fontes, supera em cerca de R$ 9 bilhões a receita que havia sido prevista para o exercício anterior.

A última sessão do ano foi aberta, interinamente, pelo primeiro vice-presidente, deputado Henrique Arantes (MDB). Depois, foi assumida pelo presidente da Casa, deputado Lissauer Vieira (PSB), que comandou os trabalhos até o encerramento. Em tom de agradecimento e despedida, o chefe do Parlamento goiano declarou encerrado o período de convocação extraordinária e anunciou encontro solene de instalação da quarta sessão legislativa ordinária da 19ª Legislatura para o próximo dia 15 de fevereiro às 15 horas, na nova sede da Assembleia Legislativa de Goiás, no Parque Lozandes. 

“Estamos, mais uma vez, fazendo história, encerrando as sessões de 2021 nos despedindo, com muito respeito, desse prédio, o Palácio Alfredo Nasser, e desse plenário Getulino Artiaga. Vivemos, com muita alegria, um novo ciclo, por estarmos cumprindo mais uma meta. Isso só foi possível por conta dos servidores e parlamentares dessa nova Legislatura”, comemorou Lissauer. 

O presidente aproveitou a ocasião para apresentar balanço dos trabalhos plenários de 2021. Segundo prestação apresentada, 1.970 matérias tiveram suas votações concluídas ao longo do ano. Dentre elas, estavam 1.475 requerimentos, 225 projetos parlamentares, 192 da Governadoria e 14 de outros órgãos externos. 

Previous Article
Next Article

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.