Plantio de soja em Goiás começa nesta sexta-feira com previsão de alta

A Abertura Estadual do Plantio de Soja – Safra 2021/2022 será realizada nesta sexta-feira (22/10). O evento está marcado para 14 horas, na Fazenda Três Irmãos (Família Perinelli), em Campinorte. A Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) estima uma produção de 14,1 milhões de toneladas. O volume representa um acréscimo de 2,9% em relação à safra anterior. A Conab também projeta um aumento de 5,6% na área cultivada do grão. Com o resultado, Goiás deve se manter na quarta posição nacional entre os Estados que mais produzem a oleaginosa.

Campinorte está localizado na área de expansão da sojicultura em Goiás. Em 2020, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a área plantada no município foi de 10 mil hectares e a produção total de 33,6 mil toneladas — crescimento de 5,3% e 17,9% em relação a 2019, respectivamente. Em toda a Região Norte do Estado, a área plantada com soja foi de 194,0 mil hectares em 2020. Ainda de acordo com o IBGE, a produção atingiu 645,0 mil toneladas no mesmo ano, movimentando cerca de R$ 878,7 milhões.

“A soja é um dos principais produtos da pauta de exportações do Estado e vive um bom momento com demanda aquecida e bons preços no mercado internacional. Ao contrário do que se pensava antigamente, quando o solo da região era visto como improdutivo, o Norte goiano tem grande potencial para produção de soja e outras culturas de forma sustentável. Estamos ao lado do produtor goiano, orientando e proporcionando condições para que ele produza alimento, gere riqueza e crie empregos”, diz o titular da Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Seapa), Tiago Mendonça.

A Abertura Estadual do Plantio de Soja – Safra 2021/2022 é uma realização do Sistema Faeg Senar e da Aprosoja-GO, com apoio do Governo de Goiás, por meio da Seapa. Antes do início simbólico do plantio com as plantadeiras em campo, está prevista a apresentação do painel técnico “Economia, mercado e insumos: o que esperar desta safra de soja?”, com o coordenador institucional do Instituto para o Fortalecimento da Agropecuária de Goiás (Ifag), Leonardo Machado, presidente da Comissão de Grãos da Faeg, Ênio Fernandes, e consultor da Pátria Agronegócios, Matheus Pereira.

Previous Article
Next Article

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.