Pacientes protestam contra mau atendimento dp HDT

Pacientes, familiares, ex-funcionários e membros de Ongs participaram de manifestação para pedir regularização do atendimento do Hospital de Doenças Tropicais (HDT), na manhã desta segunda-feira (2), em Goiânia. Eles reclamam da falta de medicamentos e manutenção de equipamentos na unidade.

Organizado pelas Ongs Grupo AAve e Pela Vida, o protesto contou com faixas e cartazes com palavras de ordem. Com as faixas “O HDT está morrendo…” e “A Saúde Pede Socorro”, os manifestantes foram até a entrada da unidade na tentativa de dialogar com a diretoria.
De acordo com a diretora do Sindicato dos Servidores de Saúde (Sindsaúde), que também participou da manifestação, Luzineia Vieira, os pacientes de HIV estão sem acesso a medicamentos e equipamentos básicos para tratamento de colonoscopia, broncospia e tomografia estão com problemas.
Outra dificuldade encontrada pelos pacientes é a mudança da forma de encaminhamento clínico. Conforme Luzineia, os usuários agora são encaminhados para os Cais, entram na fila comum e somente depois voltam ao HDT. “Para pacientes imunodeficientes, fica complicado. O procedimento anterior era mais eficaz”, avalia.
A diretora do sindicato ainda diz que há dificuldades para atendimento, sobretudo após a demissão de três médicos da unidade. Segundo ela, um documento com as solicitações já foi entregue à diretoria do HDT.
Previous Article
Next Article

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.