Operação Sexto Sentido: júri popular absolve policiais acusados de execução

Júri popular absolve policiais acusados de homicídio
11/06/2019 17:29
Por Elisama Ximenes

Tanto a defesa quanto o Ministério Público argumentaram pela absolvição. A defesa ainda alegou que os acusados estavam amparados pelas excludentes de ilicitude da legítima de defesa

Júri popular, na tarde desta terça-feira, 11, decidiu pela absolvição dos policiais militares Vitor Jorge Fernandes (tenente), 35 anos, e os cabos Cláudio Henrique Camargos, 48 anos, Alex Sandro Souza Santos, 44 anos e Ricardo Rodrigues Machado, 38 anos, todos suspeitos de envolvimento na morte de Murillo Alves de Macedo, 26 anos.

Eles foram julgados no Tribunal do Júri da 3ª Vara dos Crimes Dolosos contra a Vida. Durante o debate, os representantes do Ministério Público requereram a absolvição dos acusados, diante de uma tese de negativa da autoria.

A defesa reforçou o posicionamento do MP, argumentando que os policiais agiram amparados pelas excludentes de ilicitude da legítima de defesa e do “estrito cumprimento do dever legal”.

O júri considerou, ainda, objetos apreendidos à época da morte de Murillo, decidindo pela absolvição, acompanhando a defesa e o MP. A sentença foi assinada pelo juiz Jesseir Coelho de Alcantara.

Previous Article
Next Article

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.