OAB-GO realiza ato de desagravo público em repúdio às agressões sofridas por advogado

Matéria do site Rota Jurídica:

O desagravo público em repúdio às agressões sofridas pelo advogado Orcélio Ferreira Silvério Júnior, no último dia 21 de julho, já começou. O ato é realizado neste momento na Praça da Bíblia, ao lado do local onde policiais militares do Grupamento de Intervenção Rápida Ostensiva (Giro) imobilizaram o advogado, depois de atacá-lo física e verbalmente, conforme vídeos que circulam nas redes sociais.

No local, o presidente da seccional goiana da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-GO), Lúcio Flávio de Paiva disse ao Portal Rota Jurídica que este é um ato em que a OAB se posiciona a favor do colega agredido em exercício da advocacia e também da sociedade, alertando para os limites da atuação das forças policiais. “Que é no exato limite da preservação e do respeito das garantias individuais. Então, esse é um ato em prol da advocacia e da cidadania”, disse o presidente da OAB-GO.

Lúcio Flávio salientou que a presença de representante do Conselho Federal da OAB e dos presidentes da OAB do Mato Grosso, do Paraná, representantes de outras seccionais e de conselhos federais, mostra que a advocacia nacional está unida na preservação do livre exercício profissional.

No local estão inúmeros advogados e representantes de associações. Entre eles, o presidente da Regional Goiás da Associação Brasileira dos Advogados Criminalistas (Abracrim), Alex Neder. “Esse ato significa a indignação de todos os advogados, da advocacia nacional e regional, não pelo ataque somente ao advogado, mas, sobretudo, à sociedade”, disse.

O ato teve a presença também presidente da Associação Goiana dos Advogados Criminalistas (AGcrim), Paulo Roberto Borges, e de pessoas que presenciaram as agressões no dia do ocorrido, como a mulher que filmou a ação policial. Incluindo Neusa Cesário Costa, que tentou intervir quando o advogado estava no chão.

Previous Article
Next Article

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.