Nepotismo: Bolsonaro quer nomear o filho Eduardo embaixador do Brasil nos EUA

O presidente Jair Bolsonaro quer nomear o filho Eduardo Bolsonaro (PSL-SP)  para a Embaixada do Brasil nos EUA. O caso é apontado como prática de nepotismo por juristas.

Eduardo disse nesta quinta-feira (11) que, se for confirmada sua indicação para o cargo de embaixador em Washington, aceitará a função e renunciará ao mandato parlamentar, exigência para que seja confirmado em uma missão permanente no exterior.

“Se for a missão dada pelo presidente eu aceitaria”, disse Eduardo em uma entrevista marcada de última hora na Comissão de Relações Exteriores da Câmara dos Deputados, da qual é presidente.

Com a insistência dos jornalistas sobre se renunciaria ao mandato parlamentar, o deputado confirmou: “Sim, se o presidente me confiar essa missão, eu estaria disposto a renunciar ao mandato”.

Eduardo ressaltou, durante a entrevista, que a nomeação ainda dependeria de uma conversa com seu pai e o ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, e inicialmente, tratou do assunto como se tivesse sido pego de surpresa.

Previous Article
Next Article

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.