“Não quero deixar obra inacabada”, diz Iris no lançamento de viaduto

O prefeito Iris Rezende assinou nesta segunda-feira (20)  a ordem de serviço para o início da construção da ponte da Avenida Leste Oeste sobre a Marginal Botafogo. Na ocasião, afirmou que as interdições causadas por obras são provisórias, e que depois “a tranquilidade supera mil vezes os transtornos”.

Questionado sobre a série de obras que a Prefeitura de Goiânia vem lançando nos últimos tempos, Iris garantiu que todas elas cumprem um cronograma elaborado pela gestão municipal, e que serão concluídas sem atrasos. “Não quero deixar uma obra inacabada”, pontuou.

Como exemplo, citou o projeto do viaduto sobre a BR-153, ligando o Setor Universitário ao Jardim Novo Mundo. “Estamos esperando autorização do órgão federal para construção. Se não surgir a tempo para que a obra seja concluída, nós não vamos começar.”

Iris mencionou ainda o ano eleitoral, que limita a ação do poder público sob o aspecto político, como inauguração de obras durante o período de campanha. “Estou extremamente amadurecido e não vou cometer qualquer ação que transgrida nossa legislação”, comentou. E tornou a negar que pretende disputar a reeleição.

Viaduto
A prefeitura espera concluir o viaduto da Leste Oeste dentro de sete meses. Neste período, o trânsito nos arredores será alterado. A Marginal Botafogo terá circulação restrita, nos dois sentidos. Os desvios implantados na região, em dezembro de 2019, serão mantidos.

A Rua 227 será interditada nos dois sentidos para receber os pilares do viaduto da Avenida Leste/Oeste. Já o cruzamento da Rua 67-A com a Avenida Contorno será bloqueado e a circulação será restrita, com acesso local, na Rua 67-A, via Marginal Botafogo.

Previous Article
Next Article

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.