Ministério Público denuncia ginecologista de Anápolis por estupro de vulnerável

O Ministério Público do Estado de Goiás (MP-GO) decidiu indiciar o médico ginecologista Nicodemos Júnior Estanislau Morais, de 41 anos, pelo crime de estupro de vulnerável. A apresentação de denúncia pelo MP-GO à Justiça é a primeira entre mais de 50 casos pelos quais o suspeito é investigado em Anápolis, a 55 quilômetros de Goiânia, e Abadiânia, no Entorno do Distrito Federal.

A promotora de Justiça Camila Fernandes indiciou o ginecologista com base nos relatos das primeiras três mulheres que denunciaram o médico à Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher (Deam) de Anápolis. De acordo com a defesa do suspeito, Nicodemos Júnior nega as suspeitas e diz que nunca tocou indevidamente nas pacientes. Já sobre os comentários e mensagens para as muheres nas redes sociais, o ginecologista alega que fez apenas “brincadeiras”.

Previous Article
Next Article

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *