Milhares de manifestantes nas ruas em Goiânia e no interior contra os cortes da Educação

Alunos e professores seguem protestando, em Goiás, nesta quinta-feira (30), contra os cortes na educação anunciados pelo Governo Federal. Nesta tarde, um ato acontece na Praça Universitária, em Goiânia, de onde os manifestantes pretendem seguir em caminhada até a Praça do Bandeirante, no Setor Central. Eles usam carro de som, cartazes e bandeiras no protesto.

Os atos aconteceram também pelo interior do estado. Em Luziânia, no Entorno do DF. Estudantes e docentes do campus do Instituto Federal de Goiás (IFG) na cidade se reuniram em frente à igreja Matriz, por volta do meio dia.

LUZIÂNIA, 12H: Manifestantes se reúnem na centro nesta quinta-feira (30) — Foto: Nayara Santos/TV AnhangueraLUZIÂNIA, 12H: Manifestantes se reúnem na centro nesta quinta-feira (30) — Foto: Nayara Santos/TV Anhanguera

LUZIÂNIA, 12H: Manifestantes se reúnem na centro nesta quinta-feira (30)

Já em Anápolis, a 55 km de Goiânia, o ato foi realizado pela manhã e durou cerca de uma hora. Alunos e professores da Universidade Estadual de Goiás (UEG) fizeram uma passeata por algumas ruas do centro da cidade.

Outra cidade onde ocorreram atos foi Rio Verde, no sudoeste do estado. Alunos do IFGoiano se reuniram com faixas em frente à instituição.

ANÁPOLIS, 9H40: Manifestantes se reúnem no Centro nesta quinta-feira (30) — Foto: Alessandro Vieira/TV AnhangueraANÁPOLIS, 9H40: Manifestantes se reúnem no Centro nesta quinta-feira (30) — Foto: Alessandro Vieira/TV Anhanguera

ANÁPOLIS, 9H40: Manifestantes se reúnem no Centro nesta quinta-feira (30)

Entenda os cortes na educação

  • Em decreto de março que bloqueou R$ 29 bilhões do Orçamento 2019, o governo federal contingenciou R$ 5,8 bilhões da educação
  • Dos R$ 5,8 bilhões cortados, R$ 1,704 bilhão recai sobre o ensino superior federal
  • Em maio, a Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) informou sobre a suspensão da concessão de bolsas de mestrado e doutorado
  • Os cortes e a suspensão motivaram os protestos de 15 de maio
  • Após os atos, o governo disse que liberaria mais recursos para a educação, mas manteve o corte anunciado em março

RIO VERDE, 9H: Manifestantes se reúnem no Centro nesta quinta-feira (30) — Foto: Ana Paula Azevedo/TV AnhangueraRIO VERDE, 9H: Manifestantes se reúnem no Centro nesta quinta-feira (30) — Foto: Ana Paula Azevedo/TV Anhanguera

RIO VERDE, 9H: Manifestantes se reúnem no Centro nesta quinta-feira (30)

Previous Article
Next Article

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.