Médico acusado de assédio sexual é afastado do Tribunal de Justiça de Goiás

O médico Ricardo Paes Sandré, investigado por assédio contra subordinadas dentro do Tribunal de Justiça de Goiás (TJ-GO), em Goiânia, foi afastado do cargo pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ). Ele é acusado de abuso de autoridade. Servidoras do TJ disseram que  o médico insinuava querer manter relações sexuais com elas. A defesa diz que todas as acusações são falsas.

Previous Article
Next Article

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.