Manifestantes pró-Bolsonaro invadem Esplanada com

A Polícia Militar do Distrito Federal limitou-se a dizer que a fala de manifestantes pró-Bolsonaro de que contavam com o apoio da Polícia Militar do DF na manifestação seria “fake news”. Ao Congresso em Foco, o governador Ibaneis Rocha (MDB) disse achar a fala dos manifestantes “estranha”, uma vez que não haveria acordo para que os veículos dos manifestantes estivessem na Esplanada dos Ministérios, fechada para o trânsito desde o final do domingo. O governador também negou ter sido consultado e disse que a culpa seria de sua secretaria.

Seja lá quem for o culpado, caminhões, ônibus e motor-homes, de simpatizantes do presidente Jair Bolsonaro que vieram para as manifestações desta terça-feira (7), invadiram uma área fechada para o tráfego em frente ao Congresso Nacional e ao Palácio do Itamaraty, onde devem se concentrar os atos em favor do presidente e contra o Supremo Tribunal Federal (STF).

Os vídeos de apoio à entrada dos manifestantes na área, que teve o tráfego fechado por segurança, começaram a aparecer no final da tarde dessa segunda-feira (6) em grupos de mobilização bolsonaristas. Em um deles, três pessoas dizem ter acabado de sair de um encontro com o comando da PM brasiliense.

“A polícia Militar está nos apoiando totalmente, abrindo os caminhos – e inclusive fará segurança para nós todos”, diz um dos participantes do vídeo, que é interrompido por outro: “Entraremos na Esplanada às 19h. Todos vão entrar às 19h na Esplanada, autorizados pela Polícia Militar do GDF, com toda a escolta, para que os caminhões, ônibus e motor-homes se alojem na Esplanada de forma organizada.”

(Texto do site Congresso em Foco)

Previous Article
Next Article

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.