Itapuranga: filha tenta matar o pai com a ajuda do marido

“Na verdade, ela falou que seria uma vingança, que o companheiro dela incentivou, pressionou como uma forma de vingança pelo que aconteceu. Sendo que não está comprovado de fato o que ela falou contra o pai”, disse Giovana.

A polícia ouviu também nesta segunda o pai da jovem sobre como foi a emboscada. “Ele contou que a filha ligou para ele pedindo ajuda porque tinha brigado com o companheiro e pediu que ele fosse até a casa para buscá-la. Quando chegou lá, ela pediu para entrar e pegar uma mala e foi quando o companheiro dela deu as pauladas”, afirmou a delega.

O pai contou na delegacia que o casal fugiu em seguida e ele conseguiu pedir ajuda, sendo levado para o hospital de Itapuranga.

Giovana disse que o pai da jovem, morador de Goiânia, está com alguns ferimentos. Como ele já foi ouvido e os dois suspeitos também, a delegada acredita que vai concluir o inquérito em dez dias.

“Fizemos o registro como tentativa de homicídio e furto qualificado. Eles não ficaram presos por estarem fora do flagrante. A Justiça é que vai avaliar a participação de cada um. Mas ela confessou que ligou. Tanto que ela estava de acordo com o crime, que fugiu junto com o companheiro”, afirmou Giovana Piloto.

Previous Article
Next Article

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.