“Graças a Marconi, cerca de 80% dos municípios goianos mais que dobraram seus PIBs nos últimos dez anos”, afirma Jânio Darrot

O presidente do PSDB Goiás Jânio Darrot comentou, nesta quarta-feira (25/12), os dados divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) acerca do Produto Interno Bruto (PIB) dos municípios brasileiros. De acordo com o IBGE, em Goiás, quase 80% dos 246 municípios mais que dobraram seus PIBs nos últimos dez anos.
Para Darrot, a constatação do IBGE corrobora os números apurados pelo Instituto Mauro Borges (IMB) e são uma “resposta contundente” a comentários feitos nos últimos dias segundo os quais o desenvolvimento econômico e social experimentado nas últimas décadas no Estado são “peças de propaganda de televisão”.
“O Brasil enfrentou nos últimos cinco anos a pior recessão econômica de toda sua história. Em Goiás, todavia, graças a Marconi, 80% dos municípios mais que dobraram seus PIBs nos últimos dez anos”, lembrou o presidente do PSDB. “Esse legado ninguém pode apagar ou creditar a qualquer outro fator que não sejam os governos eficientes do PSDB, com Marconi e José Eliton”, destacou.
Para Darrot, os números do IBGE são “informações incontestáveis”. “Contra fatos não há argumentos .Afirmações infelizes  e levianas tentam desconstruir o fato que que Goiás avançou em números muito acima da média nacional não são capazes de distorcer a realidade.”
Darrot lembra que, por meio de incentivos fiscais audaciosos, o PIB de Goiás cresceu sempre acima da média nacional, “saltando de R$ 17 bilhões anuais em 1999 para mais de R$ 200 bilhões, ano passado.”
 
Dívida apresentada este ano é “falaciosa”
Jânio Darrot classificou de “falaciosos” os números da dívida do Estado, apresentados pelo atual governo. “A relação dívida versus receita de Goiás no final dos governos do PSDB era uma das mais baixas da história – menos de 0,90% da receita pra quitação de nossa dívida”, informa. “Diferentemente de 1999, quando o PSDB, por meio do ex-governador Marconi Perillo assumiu a gestão estadual , em que eram necessárias quatro receitas pra quitação de nossa dívida.”
Para o presidente do PSDB Goiás, o atual governo tenta mostrar uma herança diferente da que recebeu ,”forjando números, acusando sem provas e principalmente tentando aderir a um programa de regime de recuperação fiscal que não se enquadra nos parâmetros do governo federal porque nossa situação fiscal e financeira é bem melhor do que a grande maioria dos estados brasileiros.”
 
Ajustes fiscais feitos por Marconi “vacinaram Goiás contra crise”, frisa Darrot
De acordo com o presidente estadual do PSDB, Goiás seguiu crescendo, mesmo diante da depressão econômica que se abateu sobre o Brasil, porque o então governador Marconi Perillo fez os ajustes  necessários. Medidas que, segundo Darrot, “vacinaram Goiás contra a crise.”
“Marconi reduziu secretarias e fez cortes de gastos, mas com um detalhe: não culpou ninguém pela crise, não massacrou, nem perseguiu o funcionalismo público” , setor que, segundo Darrot, teve participação importante na construção do Estado que temos hoje.
“De  1999 pra cá Goiás se transformou em um Estado moderno , industrializado , com os melhores e mais abrangentes programas sociais do país, como o Bolsa Universitária, Renda Cidadã, Cheque Moradia e tantos outros”, lembrou Darrot. “Programas copiados pelo governo federal e por vários estados do país”, frisou.
Jânio destacou ainda que Goiás possui uma das melhores saúdes públicas do país com hospitais públicos do porte do Hugol, Crer , HDT e HGG e uma rede de proteção social que ajudou a transformar o Estado.
“Entregamos ao atual governo uma infraestrutura rodoviária que é referência no país. Na área de saneamento, construímos estações de tratamento de esgoto, universalizamos o fornecimento de água tratada em dezenas de municípios”, enumera.
“Na Educação, ficamos em primeiro lugar no Ideb (Índice de Desenvolvimento da Educação Básica) em 2013 e em 2018. Portanto, o Estado de Goiás que mostrávamos na televisão é exatamente o que os goianos até 2018 tinham orgulho de ver”, finaliza.
Previous Article
Next Article

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.