Governo de Goiás vai custear internet destinada a alunos e professores que usam o aplicativo NetEscola

O Governo de Goiás, por meio da Secretaria de Estado da Educação (Seduc), liberou o cadastro no aplicativo NetEscola para que alunos e professores possam ter acesso gratuito aos conteúdos didáticos, para todas as séries da Educação Básica, por meio do programa Internet Patrocinada.

O consumo de dados móveis será pago pelo Estado. O programa tem custo mensal estimado de R$ 4,2 milhões e tem duração prevista de 12 meses. “Esse recurso dá ao aluno a capacidade de buscar, pesquisar e avançar nos seus estudos a partir da internet”, frisou o governador Ronaldo Caiado.

Para ter acesso ao benefício, o estudante ou professor deve fazer seu cadastro na página inicial do aplicativo, disponível para download na loja virtual Play Store. Com o login e senha informados pelo aplicativo após o cadastro, o usuário pode assistir vídeoaulas e baixar listas de atividades sem que haja desconto na sua franquia de dados móveis.

O aplicativo NetEscola possui conteúdos didáticos para todas as séries do Ensino Fundamental e Ensino Médio, além de vídeos e dicas para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

Desenvolvido pela Seduc no início do Regime Especial de Aulas Não Presenciais (Reanp), em abril de 2020, a ferramenta serviu como apoio didático-pedagógico para os professores na nova rotina de aulas remotas.

O programa Internet Patrocinada foi lançado pelo Governo de Goiás, em maio deste ano, para subsidiar o regime híbrido de ensino. Também foi lançado o programa Conectar Goiás, que destina recursos para todas as escolas estaduais contratarem Internet de alta velocidade nas suas unidades.

Previous Article
Next Article

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.