Em Pirenópolis, Caiado inaugura ampliação do sistema de esgotamento sanitário

O governador Ronaldo Caiado inaugurou, nesta terça-feira (29/06), a ampliação do sistema de esgotamento sanitário de Pirenópolis. O investimento na obra é de R$ 9,3 milhões, sendo R$ 5,1 milhões para a Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) e R$ 4,2 milhões aplicados no aumento da rede. Durante agenda no município, Caiado também esteve na central do programa Mais Empregos, na unidade do Vapt Vupt.

As obras da Companhia Saneamento de Goiás S/A (Saneago) consistem na implantação de 18,6 quilômetros de redes coletoras e 1.175 novas ligações. Ao vistoriar a estrutura, Caiado lembrou que as intervenções feitas no local pela gestão anterior jamais resolveram o problema. “Agora não é mais gambiarra. Construímos dois reservatórios enormes. Temos uma estação de tratamento de esgoto capaz de atender toda Pirenópolis”, assegurou.

O governador esteve na ETE, na GO-338, ocasião em que conheceu os detalhes técnicos das obras. O investimento na estação, cuja eficiência de remoção de matéria orgânica é de 93,8%, também inclui construção de caixa de distribuição, caixa de areia, reator anaeróbio com dois módulos de 500 m³ cada, dois leitos de secagem e duas lagoas de tratamento.

O investimento beneficia cerca de 4 mil pessoas de nove bairros: Alto do Bonfim, Centro, Estrela D’Alva, Jardim Pireneus, João Figueiredo, José Ayres, Neném Jaime, Santa Bárbara e Vila Nhonho Godinho.

“Essa obra significa manter a maior riqueza deste município preservada”, disse o governador. “O esgoto não vai para os nossos rios, e nossas nascentes e mananciais serão todos conservados”, declarou. Para ele, o avanço é fruto da “responsabilidade e compromisso com a população” e garante condições para preservação do meio ambiente “para as próximas gerações”.

“De imediato, vamos atender um terço da população com tratamento de esgoto. Mas, devido à concentração de imóveis comerciais, o volume produzido é muito maior. São mais de 200 estabelecimentos na região beneficiada, entre pousadas, restaurantes e outros”, destacou o presidente da Saneago, Ricardo Soavinski.

Preservação histórica
Pirenópolis tem o conjunto arquitetônico, urbanístico, paisagístico e histórico tombado desde 1990 pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan). Para preservar os casarões seculares, ruas e igrejas de arquitetura colonial, a execução das obras seguiu rigorosamente todas as determinações técnicas do órgão normativo em relação ao monitoramento arqueológico.

As frentes de serviço passaram por processo de sondagem de arqueólogos da Fundação Aroeira, entidade sem fins lucrativos vinculada à Pontifícia Universidade Católica de Goiás (PUC Goiás), visando identificar vestígios históricos. Além disso, atenção especial foi dada à pavimentação das ruas, que contou com um trabalho artesanal de retirada e realocação das pedras.

O prefeito de Pirenópolis, Nivaldo Melo, destacou a importância do investimento para o município. “Agradecemos profundamente por essa obra que garante a sobrevivência da vida das pessoas e sobretudo dos nossos mananciais”. O gestor reconheceu o esforço administrativo de Caiado para a concretização da entrega. “Um governador que tem coragem de fazer investimentos em saneamento não pode ser chamado só de governador, ele é um estadista, é alguém que pensa além do seu tempo”, reforçou.

O trabalho do Governo de Goiás também obteve o reconhecimento do deputado federal por Goiás, Adriano do Baldy. “Tenho observado atentamente as suas articulações [de Caiado] para destravar e fazer os enfrentamentos no Estado”, enalteceu. “Cada real que se aplica em saneamento, avança cinco em saúde. É assim que temos que construir um país mais justo para todos”, assinalou.

Para o deputado federal Glaustin da Fokus, a transformação na gestão da Saneago é um diferencial do Governo Estadual. “De fato o senhor [governador] está devolvendo o Estado de Goiás aos goianos. Vi o grau de dificuldade que o senhor enfrentou quando assumiu. O que era a Saneago antes? Realmente é, agora, uma empresa bem gerida”, comparou.

Durante a cerimônia de inauguração, realizada no fundo da Igreja de Nossa Senhora do Rosário, a Matriz, também foi feita uma homenagem ao poeta José Bonfim, um dos moradores que atuaram durante a recomposição das ruas de pedra. “Tudo o que eu tenho na vida veio de Pirenópolis. Então eu divido essa honra com todos cidadãos”, agradeceu.

Recolocação profissional
Durante a tarde, o governador também esteve na unidade do Vapt Vupt de Pirenópolis, onde funciona uma central do Programa Mais Empregos, da Secretaria de Estado da Retomada. Com integração ao Sistema Nacional de Emprego (Sine), são oferecidas vagas de trabalho todos os dias à população. Paralelo a isso, a unidade oferta cursos profissionalizantes.

“Aqui mesmo é feito o contato e a pessoa já sai empregada”, resumiu o governador sobre a praticidade do programa. No local, ele conheceu Samuel Gomes, que passou pela qualificação e conseguiu ingressar no mercado de trabalho. “Foi uma experiência rápida, aprendi muito e já trabalho de carteira assinada, como garçom”, relatou.

Previous Article
Next Article

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.