Em Morrinhos, Lissauer lidera mais uma edição do Alego Ativa com atendimentos sociais e espaço para pequenos produtores

Localizada a 132 quilômetros de Goiânia, a cidade de Morrinhos, no sul do estado, acolheu o programa itinerante Alego Ativa, promovido pela Assembleia Legislativa de Goiás, nesse sábado, 23. O presidente da Casa, Lissauer Vieira, chancelou a 10ª edição do segundo município a receber o programa depois da suspensão temporária, forçada pela pandemia de covid-19. O Alego Ativa é uma iniciativa da Mesa Diretora desta 19ª Legislatura, e tem como objetivo fortalecer a relação da Casa com a comunidade, em todos os cantos do estado.

O programa faz parte de um pacote de ações do Legislativo goiano voltadas a ampliar a representatividade e o envolvimento dele com a sociedade. Lissauer Vieira afirmou que a força do Alego Ativa está no trabalho conjunto. “Nessa 10ª edição, contamos com a parceria de 36 instituições públicas ou privadas. É o segundo município que recebe a iniciativa após mais de um ano e meio sem a realização de eventos presenciais voltados à população goiana, em consequência da pandemia. Essa retomada está acontecendo com o apoio da Associação Goiana de Municípios (AGM), que tem nos ajudado a reforçar essas parcerias para trazer esses benefícios imediatos para a comunidade e ouvir, in loco, as lideranças da região”.

Maycllyn Carreiro, que ocupou uma cadeira de suplente na Assembleia entre junho e outubro de 2021, é representante de Morrinhos e foi um dos articuladores para que essa edição fosse realizada na cidade. Ele falou da importância de o Legislativo estar atento às demandas dos munícipios. “É um grande evento que traz cidadania, traz serviços importantes como os atendimentos médicos, odontológicos, jurídicos, os cursos profissionalizantes. Tudo isso são benefícios diretos ao cidadão, além de, principalmente, aproximar os parlamentares da comunidade”.

Desde às 6 horas da manhã, várias equipes de trabalho já estavam no local, distribuindo senhas para os atendimentos, como forma de evitar aglomeração. A população da cidade acordou cedo para ter acesso aos serviços. Dentre os parceiros que fizeram acontecer essa 10ª edição, estavam a Fundação Banco de Olhos, Fecomércio, Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar), Federação da Agricultura do Estado de Goiás (Faeg), Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), Defensoria Pública do Estado de Goiás (DPE-GO), Polícia Civil do Estado de Goiás (PC-GO), a Prefeitura e a Câmara Municipal de Morrinhos.

Uma das novidades dessa edição foi a ampliação do atendimento ao produtor rural. Nas edições passadas, a Federação da Agricultura de Goias (Faeg) já levava assistência, capacitação e crédito aos agricultores. Mas dessa vez, pequenos produtores puderam participar também da Feira da Agricultura Familiar. A cargo da Agência Goiana de Assistência Técnica, Extensão Rural e Pesquisa Agropecuária (Emater), que selecionou os participantes, a feira deu um toque de sabor e sustentabilidade ao programa. Doces artesanais, hortaliças, frango caipira, e outras delícias, tudo orgânico e direto da roça.

Previous Article
Next Article

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *