Eleição OAB-GO: Bárbara critica impedimento de voto dos inadimplentes e afirma que Pepê vai recorrer ao STF

Candidata a vice-presidente de Pedro Paulo de Medeiros, na chapa Muda OAB-GO, Bárbara Cruvinel questionou nesta sexta-feira a insistência da atual gestão da Ordem no Estado em proibir o voto dos advogados inadimplentes. Nesta semana, decisão do presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ), Humberto Martins, suspendeu a liminar que liberava o voto dos inadimplentes para o pleito de 19 de novembro.

“Pedro Paulo está nessa luta durante toda a campanha e não vamos desistir. Vale a pergunta: a quem interessa o impedimento do voto dos inadimplentes”, ponderou Bárbara, em entrevista na cidade de Goianésia, na rádio RVC FM.

O ex-presidente da OAB-GO e uma das lideranças do grupo de Pepê, Miguel Cançado, que acompanhou Bárbara na entrevista, afirmou que a chapa 5 vai recorrer ao STF para garantir o direito de voto dos inadimplentes em Goiás. Miguel disse que a atual gestão vai contra todos os princípios de igualdade ao barrar o voto de quem não está em dia com a anuidade, que é uma das mais caras do Brasil.

Bárbara Cruvinel destacou a proposta de Pedro Paulo para baixar o valor da anuidade para os advogados jovens e o programa Anuidade Zero, que consiste num sistema de cash back no comércio. Bárbara e Miguel Cançado estão em Goianésia para cumprir agenda com advogados e apresentar as propostas da Chapa 5. No programa desta manhã, na RVC FM, para os jornalistas Orivaldo José e Lucas Cássio.

Previous Article
Next Article

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.