Depois de reunião com prefeito, representantes do Banco Mundial visitam unidades de saúde de Aparecida

Dois representantes do Banco Mundial foram recebidos pelo prefeito Gustavo Mendanha na Cidade Administrativa parareunião sobre investimentos na área da Saúde. A instituição, que é reconhecida internacionalmente pela expertise no setor, inclusive já tendo apontado estratégias e iniciativas para o Ministério da Saúde (MS), apresentará em breve um projeto para ser apreciado pelo Executivo Municipal.

O coordenador setorial de Desenvolvimento Humano, Pablo Ariel Acosta, e o especialista sênior em saúde, Edson Correia Araújo, foram recebidos também pelos secretários de Saúde e da Fazenda, Alessandro Magalhães e André Rosa, respectivamente, além do superintendente de Atenção à Saúde, Gustavo Assunção, o diretor de Avaliação e Controle, Luciano Carvalho, e a coordenadora de Gestão e Inovação em Saúde, Érika Lopes.

Após a reunião, os dois secretários e os gestores da Saúde levaram os representantes para uma visita técnica na UPA Flamboyant, no Hospital Municipal (HMAP) e na UBS Expansul para que eles conhecessem um pouco da estrutura, do fluxo e das atividades rotineiras da atenção ambulatorial e de urgência e do maior hospital goiano construído por uma prefeitura.

Secretário Alessandro Magalhães e Edson Correia no HMAP

Foco na eficiência

Pablo Ariel e Edson Correia ficaram impressionados com as instalações, os equipamentos e os serviços prestados no HMAP. Durante a visita, ambos destacaram que nunca viram um hospital público tão organizado e com tamanho potencial. “São profissionais com vasta experiência no setor e certamente apresentarão planos para aprimorar a eficiência da nossa rede, que é o nosso foco nessa parceria. Quanto ao HMAP, os elogios são mais um reconhecimento da capacidade do hospital, bem como da equipe altamente qualificada que atende à população com serviços de excelência”, afirmou o secretário Alessandro.

Previous Article
Next Article

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.