Cristalina: vereadores presos por prática e “rachadinha”

Além das três prisões dos vereadores em exercício, a Operação Toma Lá Dá Cá cumpriu nove mandados de busca e apreensão, na Câmara dos Vereadores e na casa dos investigados. Os primeiros levantamentos apontam que outros dois vereadores teriam sido alvos de mandados de busca e apreensão, sendo eles Bernardo Vaccaro Fachinello (PP) e Marcelo Alves Borges, o “Marcelo Enfermeiro” (PR).

A ação foi realizada por intermédio das promotorias de Justiça de Cristalina, com apoio da Polícia Militar e do Centro de Inteligência do MP-GO.

Previous Article
Next Article

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.