Crer fortalece oferta de vagas na instituição com implantação de alta programada

Sempre fortalecendo o compromisso em ofertar atendimento especializado ao usuário do Sistema Único de Saúde, o Centro Estadual de Reabilitação e Readaptação Dr. Henrique Santillo – Crer, uma unidade da Secretaria de Estado da Saúde de Goiás, implantou a alta programada na instituição. O protocolo tem como objetivo garantir que a assistência em saúde seja realizada de forma cadenciada entre as equipes, promover a comunicação entre os profissionais, fortalecer o Projeto Terapêutico Singular (PTS) traçado para o paciente e potencializar a oferta de vagas à rede pública para atendimento no Crer.

“A alta hospitalar não pode ser um ‘susto’ para profissionais, pacientes e familiares, ela precisa ser trabalhada e gerenciada. Com foco nisso, instituímos uma nova rotina entre as equipes implantando visitas diárias conjuntas para discussão de cada caso, possibilitando portanto, uma confecção precoce do PTS com a respectiva programação da alta do paciente. Esta dinâmica propicia uma comunicação mais efetiva entre todos os envolvidos, agiliza a tomada de decisão na assistência e potencializa a oferta de vagas no hospital”, explica o gerente de Atendimento ao Paciente Internado, Dr. Rodrigo Brum.

Com a alta programada, o comunicado de alta médica é realizado com 24 horas de antecedência para que toda a equipe envolvida no atendimento ao paciente entre em cena e trabalhe de forma integrada e em sinergia, de modo a garantir o fluxo programado. No dia da alta, o profissional médico efetua a alta médica no sistema até às 9h da manhã e a alta hospitalar acontece até às 10h. “Com a programação de alta estabelecida conforme perfil do paciente é possível orientá-lo de modo eficiente para acesso aos serviços ofertados pelo seu município de origem. Assim, conseguimos antecipar possíveis entraves para efetivação da alta, dentro e fora da instituição, sanando-os em tempo hábil, tornando esta programação ideal para o resultado pretendido, que é segurança e agilidade no atendimento”, ressalta a assistente social Ana Luiza Marques Serrano.

A oportunidade de melhoria foi identificada pelo programa de projetos Valor para Saúde, Jornada do Paciente Internado, que tem como objetivo promover a excelência operacional do serviço prestado na instituição. A alta programada do paciente é discutida durante os encontros de Safety Huddle e as reuniões clínicas, que acontecem diariamente nos Postos de Internação da unidade. São discutidos riscos e pendências, de modo a antever e/ou identificar possíveis problemas relacionados à segurança e qualidade da assistência ofertada ao paciente.

Previous Article
Next Article

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *