Catalão: criança de dois anos morre após ser espancada por padrasto

Uma criança de dois anos morreu após uma suspeita de espancamento do padrasto, que foi preso na tarde desta sexta-feira (27), em Catalão, na região Sudeste de Goiás.

O caso suspeito foi descoberto na manhã desta sexta-feira, depois que o padrasto acionou o Corpo de Bombeiros Militar de Goiás (CBMGO) informando que a criança estava engasgada há cerca de 20 minutos.

Quando chegaram ao local, os bombeiros desconfiaram da situação após ver que a vítima apresentava sinais de espancamento pelo corpo. O menino chegou a ser levado para o Pronto Socorro da Santa Casa de Catalão, mas infelizmente não resistiu aos ferimentos.

Durante depoimento, o jovem contou que deu tapas no menino, mas queria corrigi-lo. A agressão teria acontecido na frente de uma menina de 4 anos, irmã da vítima. Na hora do ocorrido a mãe tinha ido para uma unidade de saúde, onde fazia exame pré-natal.

Conforme informações, o padrasto, de 20 anos, é suspeito de ter agredido e matado a criança ainda no início da manhã. De acordo com o delegado da Central de Flagrantes de Catalão, Vitor Magalhães, o laudo preliminar do médico legista ainda está sendo aguardado para saber se o jovem vai ser indiciado por homicídio culposo ou doloso. Ele continua preso.

Previous Article
Next Article

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.