Carreta da Secretaria da Saúde inicia atendimentos em Serranópolis

A Unidade Móvel de Prevenção ao Câncer de Mama e de Colo Uterino começa a atender nessa segunda-feira em Serranópolis, no extremo sudoeste de Goiás. A Carreta da Prevenção, como é chamada percorre municípios levando exames de mamografia e prevenção de câncer de colo uterino para pacientes agendas pela Central de Regulação Estadual.

Essa Carreta da Prevenção é um serviço da Policlínica Estadual da Região Sudoeste, em Quirinópolis, que pertence ao Governo de Goiás. Desde a inauguração da Policlínica no final de junho essa é a primeira vez que a unidade faz o serviço itinerante de levar atendimentos nos municípios.

O coordenador-geral da Policlínica de Quirinópolis, Paulo Fernandes, disse que a excelência já adquirida em atendimentos especializados como mamografia e preventivo de colo uterino está sendo levado nessas viagens. “Temos uma experiência bastante positiva em atendimento humanizado e de cuidados com as mulheres”, frisa.

A secretária municipal de saúde, Simone Elias, agradeceu o empenho de todos em prestar o serviço de mamografia em Serranópolis durante essa semana. Foram agendadas em média 34 mamografias por dia e ao final da semana é aguardada um contingente de 170 mulheres atendidas. Serranópolis tem aproximadamente 10.000 habitantes segundo estimativa do IBGE e um universo e 350 mulheres em idade para realizar mamografia. O município normalmente consegue regular pacientes para Quirinópolis ou Jataí, mas com o atendimento no próprio município é mais fácil, ressalta a Simone Elias.

O secretário estadual de saúde, Ismael Alexandrino, fez o lançamento do serviço da Carreta da Prevenção em Serranópolis e enalteceu o empenho das equipes em levar atenção à saúde baseada na prevenção. “A meta desse governo está sendo cumprida, de regionalizar a saúde e levar atenção integral às mulheres, principalmente exames preventivos, para dar saúde e qualidade de vida para nossa população”, frisou.

A dona de casa Elita Ferreira Oliveira, 63 anos, foi a primeira paciente a fazer mamografia na Carreta da Prevenção. Casada e mãe de três filhos ela ressalta que era muito difícil antes, porque precisavam ir a Quirinópolis, Jataí ou mesmo Rio Verde para fazer mamografia. “A gente perdia um dia inteiro para ir, fazer o exame e esperar lá para voltar pra casa. Agora, aqui mesmo na cidade a gente faz rápido e com mais conforto”, conta.

A Carreta da Prevenção ficará em Serranópolis até sexta-feira e na sequência serão definidos outros municípios que receberão o serviço.

Previous Article
Next Article

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *