Bolsonaristas tentam aprovar voto impresso na CCJ da Câmara

Após pedido de vistas na semana passada, a Comissão de Constituição e Justiça da Câmara tenta votar nesta segunda-feira (5) o parecer do deputado Filipe Barros (PSL-PR) sobre a PEC 135/2019, de autoria da deputada Bia Kicis (PSL-DF), que prevê a implantação do voto impresso. A reunião da CCJC acontece no plenário 1 da Câmara, a partir das 15h.

Partidos já se manifestaram contra a proposta e devem, inclusive, substituir seus representantes na comissão para evitar a aprovação da medida, defendida principalmente pelos bolsonaristas. O relatório elaborado por Filipe Barros traz parecer favorável a PEC.

Pela proposta, o voto impresso seria uma segunda via de auditoria, independente do software da urna eletrônica, na qual as cédulas caem no repositório sem qualquer contato com o eleitor. “Não se pretende a substituição das urnas eletrônicas e o retorno a votação em cédulas de papel como ocorria no passado”, disse o relator do texto, em 28 de junho.

Previous Article
Next Article

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.