Aparecida de Goiânia: corpo de menina sumida encontrado em córrego

O corpo da menina Esther da Silva Araujo, de 12 anos, que estava desaparecida desde quando saiu da escola em que estudava no final da manhã de quarta-feira (19/6) foi encontrado em um córrego no bairro Nova Olinda, em Aparecida de Goiânia.

Esther estudava no 7° ano da Escola Municipal Francisco Rafael Campos e voltava com uma amiga quando a família perdeu o contato com ela.

A estudante saiu da escola por volta das 11h30 e, como de costume, voltava para casa sozinha em um percurso de pouco mais de 15 minutos. A menina, no entanto, foi vista pela última vez nas proximidades de um córrego.

Segundo Sara da Silva Araújo, irmã da menina, a garota estava não costumava passar do horária e chegava em casa sempre no horário.

Filho de um diácono da Igreja Pentecostal Deus é Amor, Esther frequentava os cultos diariamente.

Caçula de quatro irmãos, Esther era órfão de mãe, que morreu por complicações de saúde.

A família de Esther recebeu a notícia da morte da menina pelos bombeiros. “Disseram que amanhã vão retornar lá onde ela foi encontrada para resgatar o corpo”, diz Sara, cercada de familiares e vizinhos que foram à casa da família saber mais informações.

Sem saber o que aconteceu, chorou enquanto contava que a irmã ajudava em casa e era uma menina muito carinhosa com o pai. “Estamos todos muito tristes. Não sabemos como pensar o que pode ter acontecido”, afirma, enquanto conversa com o Dia Online pelo telefone na noite de quinta-feira, horas depois de voltarem para casa com a certeza de que Ester não vai mais voltar com vida para a casa simples em que morava.

A Polícia Civil ainda não havia sido comunicada até a noite de quinta-feira conforme a reportagem apurou no Grupo de Investigações de Homicídios (GIH) de Aparecida de Goiânia.

O Instituto Médico Legal (IML) também não havia sido comunicado para fazer a remoção do cadáver da menina que gostava de cantar hinos e ler trechos da Bíblia nos cultos da pequena congregação no bairro em que cresceu.

 

Previous Article
Next Article

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.